O que é Luto?

O luto está diretamente ligado ao amor que você teve e tem pela pessoa que partiu. E esse amor será uma sustentação para os momentos mais difíceis. A perda, de alguém ou de algo é uma certeza que quando se concretiza, não é vivenciada com naturalidade, pois se distanciar e dizer adeus dói demais!  Os laços afetivos, as conversas que ainda não aconteceram, o eu te amo que ainda não foi falado, a vida que se planejou, o crescimento daquela criança que não acontecerá. A morte chega sem permissão e o enlutado começa uma batalha pela sobrevivência. Entramos no luto, sofremos e temos que aprender a lidar com a ausência e com a distância. Não acreditamos no que aconteceu, não queremos falar sobre o assunto, temos falta de energia e alterações no sono, no humor e no apetite, o que nos leva a um isolamento e distanciamento do presente. O luto é vivenciado de maneira ímpar, pois cada pessoa reage a ele de maneira diferente e não existe certo ou errado. A morte ainda não aconteceu, mas o processo de elaboração desta perda sim. O que precisa ficar claro é que não precisamos ter vergonha de sofrer. O sentimento é seu, cuide dele, cuide de você e lembre-se que não precisa passar por tudo isso sozinho. A partir do momento em que conseguimos sentir saudades sem a sensação que o mundo irá desabar, aí sim podemos dizer que reaprendemos a viver. Caso perceba que o sofrimento e o luto estão extensos demais te incapacitando e que não consegue seguir em frente, com o seu emprego, filhos, irmãos, casamento, procure um auxílio psicológico ou um psiquiatra para que consiga ter um amparo para elaborar esse processo.