Psicoterapia

Psicoterapia é um investimento pessoal de saúde. Todas as pessoas de todas as idades e classes sociais podem ter esse tipo de ajuda. Atualmente os convênios facilitam e desmistificam a idéia de que a psicoterapia tem um custo alto e é apenas para quem pode pagar. O custo maior não é o financeiro e sim o de não acreditar que pode usufruir desse benefício como prevenção e cuidado de sua vida.
Outras alternativas apesar de muitas vezes auxiliar, podem sair mais caras que a prevenção, além de não proporcionar o resultado esperado naquilo que seria necessário: a mente. As pessoas pensam que seus sintomas vêm do corpo e vão tratar do corpo apenas, esquecendo do cuidado que a mente precisa ter.
Os sintomas podem ser variados:
Pouca vontade de viver (depressão);
Vontade de morrer (tentativas de suicídio);
Ejaculação rápida, falta de apetite sexual (disfunção sexual);
Perda de apetite sem motivo aparente ou comer de forma descontrolada e demasiada (transtornos alimentares);
Atraso da produção necessária no trabalho, muitas vezes tendo que conferir várias vezes para se sentir seguro, tendo um rendimento abaixo do esperado;
Agressividade; solamento se fechando dentro de casa, do quarto, e ficando o dia inteiro na frente do computador;
Irritabilidade por qualquer motivo, às vezes bem pequeno;
Variação no humor tendo momentos alegres e de repente se sentindo agoniado;
Tristeza, choro, falta de vontade em realizar as coisas;
Gastrite nervosa;
Falta de vontade em trabalhar, tomar banho e sair de casa;
Gastar mais do que pode, comprando demasiadamente;
Sem vontade de trabalhar, não consegue nem acordar pela manhã e passar o dia.

Muitas pessoas não procuram a ajuda do psicólogo por acreditarem que não podem obter resultados, o que ao longo do tempo agrava os sintomas deixando-os mais doentes e comprometidos. Assim, aqueles que conseguem chegar aos consultórios psicológicos para o tratamento, já se encontram em estado grave, no fundo do poço, o que requer um tempo e esforço maior ao longo da psicoterapia.
Por pensarem que o psicólogo trata de “louco”, e por terem medo da opinião dos outros que reafirmam essas idéias, o que é uma visão preconceituosa, deixam de se cuidar. Muitos ficam preocupados que seus amigos e parentes saibam e o chamem também de “louco”.
Psicoterapia é um tratamento sigiloso, onde cada um pode ser o que é e ninguém precisa ficar sabendo.
Seus benefícios:
Investimento que tem retorno;
Os sintomas deixam de existir;
Facilita a vida, pois ao se entender melhor, poderá se cuidar e se proteger não repetindo as mesmas coisas;
As pessoas podem ficar mais alegres, contentes e produzir algo por si mesmo e em seu benefício;
Estar mais dispostos em realizar as coisas na vida;
Ficar mais integrados, sabendo escolher o que precisam;
Ter o sentimento de segurança, amparo e auto-estima elevada;
Buscar suas necessidades internas e externas sem medo;
Se relacionar melhor com outras pessoas;
Ter paz e tranqüilidade;
Conseguir amar e ter relacionamentos mais duradouros;
Ter coragem e ser capaz de realizações, com o sentimento de satisfação interna.