Mais que abundantes

Texto/ base: Salmo 81

Deus nunca desiste de nós! Embora o contraste entre a graça de Deus e a desgraça do homem seja explícita em toda a Bíblia, Ele tem ouvido o clamor dos Seus filhos em todo o tempo e socorrido por causa do Seu constante amor. “Clamaste na angústia, e te livrei; respondi-te no lugar oculto dos trovões” (v.7). O seu amor não tem limites! Ele tem demonstrado sua fidelidade e cuidado mesmo diante da resistência e da dureza dos nossos corações. Independente da situação, “abra bem a sua boca para que Deus possa preencher todo espaço vazio que houver em sua vida”. Reconheça o que Ele fez, está fazendo e ainda fará, e “cante alegremente ao Senhor”, por que Ele é a nossa fortaleza (v.1).
Quando os hebreus estavam vivendo como escravos de Faraó, Ele ouviu o seu clamor e enviou o socorro. “Tirei de seus ombros a carga; as suas mãos foram livres dos cestos” (v.6). É exatamente isso que Ele deseja fazer nestes dias em nossas vidas: Deus irá tirar o peso e a carga que está sobre os seus ombros e este cesto que você carrega nas costas, Ele irá mudar de lugar. Ele estará cheio, mas não será de barro, mas de frutos mais que abundantes, pois é isso que o Senhor deseja lhe dar! Ele sempre desejou o excelente para a sua vida, assim como aos filhos de Israel.
“Mas o meu povo não quis ouvir a minha voz, e Israel não me quis. Oh! Se o meu povo me tivesse ouvido! Se Israel andasse nos meus caminhos! Em breve abateria os seus inimigos e o sustentaria com o trigo mais fino, e o fartaria com o mel saído da rocha” disse o Senhor (vs.13,14,16). Tudo isso continua à disposição dos príncipes de Deus. Tome uma posição de fé diante do Senhor, ouça a sua voz e obedeça ao seu comando. Fé, obediência e louvor. É o que Deus espera encontrar em seu coração para tornar os seus dias “mais que abundantes”. Pela fé, profetizamos: “Quando, pois, tiveres comido, e fores farto, louvarás ao Senhor teu Deus pela boa terra que te deu” (Dt 8.10).